O Google Se Escreve Um Poema A Começar Por Uma Única Palavra

“As rosas são vermelhas, as violetas, azuis, e com uma única palavra, um poema se faz com o Google”. Simples assim. O gigante tecnológico prontamente usa a inteligência artificial pra fazer “imagens-poema”. Ou melhor, uma imagem etérea de uma fotografia sua sobreposta com um poema exclusivo gerado a começar por uma frase que você selecionou. Com esse experimento, chamado “poemportraits”, o Google só te solicitar uma expressão e um ‘selfie’.

A começar por neste local, a inteligência artificial tornar essa palavra em versos e mais versos de poesia, devido a um algoritmo que tem sido treinado com mais de 20 milhões de frases da literatura do século XIX. Uma vez produzido o poema, esse terá que situar-se pela imagem que tenha contribuído e iluminar seu rosto. Este projeto foi desenvolvido pelo artista É Devlin perto ao Google Arts, Culture Lab e Ross Goddwin.

“Funciona um tanto como o texto preditiva. Não copia frases existentes, contudo que usa seu objeto para criar alguma coisa mais difícil. Como consequência, o algoritmo gera frases originais, imitando o tipo da literatura do século XIX”, explica Devlin. Esta idéia pode ter a partir de resultados “surpreendentemente comoventes”, até frases “sem significado”, complementa o criador.

por este significado, ao aproximado que muitos geradores de frases movidos na inteligência artificial, os resultados são bastante curiosos. Um modelo disso é o que faço Engadget, que usou a palavra “tecnologia”. O Google lhe devolveu os seguintes versos “A tecnologia de que desenharam as nossas vidas, foi a primeira lua sobre isto as ondas”.

  • Wichita (menos de três falantes)
  • 205 (discussão) 20:Quarenta e sete 10 abr 2018 (UTC)
  • cinco corporações de sucesso que têm aproveitado o poder do algoritmo
  • Skd ebr (discussão) 22:53 dezessete 10 2010 (UTC) Bacharel em ciências da computação
  • dois de maio: Horst Stein, diretor e maestro alemão (m. 2008)
  • Sep.2010 | 09:37

Se você quiser testar o experimento literário e ter o teu respectivo poema, basta fazer clique nesse lugar. Embora, no fim, o Google só te ofereça um par de versos, este é mais um exemplo de como as capacidades que tem o aprendizado automático e como desejamos interagir com a inteligência artificial. Esta tecnologia está ainda mais presente em nossas vidas, seja em aplicações, estudos de padrões climáticos, veículos automáticos… e imediatamente até na poesia.

525 milhões de parte da Merrill Lynch, permitindo-lhe produzir de forma independente dez videos, incluindo o Capitão América. A Paramount Pictures concordou em dividir o vídeo. Originalmente, o vídeo ia ser independente; o produtor Kevin Feige citou que “em torno de metade” da fita transcurriría no decorrer da Segunda Guerra Mundial antes de se modificar pra atualidade. “Citou a trilogia Back to the Future como uma ação, e afirmou que tinha “uma pessoa em mente pra ser a estrela, e definitivamente uma pessoa em mente para ser o diretor”.

Jon Favreau se aproximou de Arad pra dirigir o video como uma comédia, entretanto preferiu fazer o Iron Man em teu território. Em abril de 2006, David Self foi contratado para publicar o roteiro. Explicou que o Capitão América era o seu super-herói favorito de garota, por causa de “meu pai me citou que um dia poderia ser o Capitão América”. Joe Johnston se reuniu com a Marvel pra discutir a direção do video.

em 5 de maio de 2008 (após o sucesso de homem de ferro), a Marvel anunciou o vídeo O primeiro vingador: Capitão América —o título provisório— com uma estreia em 6 de maio de 2011, antes de atrasar isto a 22 de julho. Louis Leterrier, o diretor de The Incredible Hulk, viu algo da arte conceitual, que estavam criando pra fita e lhe impressionou o bastante pra oferecer seus serviços, entretanto a Marvel recusou.